Comunique Erro

 
Nome:
E-mail:
Erro:
Fechar
Empresas amigas
Resultados de Exames

Consulta de resultados de exames

Área médica:
Resultados de Exames

Newsletter

Receba novidades da ACCG

Cotação On line

Faça sua cotação de forma rápida e prática em nosso sistema.

Fazer cotação
Licitações

Confira aqui as modalidades
que a ACCG oferece para licitações.

Notícias
Tamanho da Letra A- | A+

04 de Fevereiro - Dia Mundial de Combate ao Câncer

Destaque

O dia 04 de fevereiro foi escolhido, em 2005, pela União Internacional para o Controle do Câncer (UICC), para ressaltar a importância na prevenção da doença. Segundo o Ministério da Saúde, “o câncer é umconjunto de mais de “100 doenças que têm em comum o crescimento desordenado de células, que invadem os tecidos e órgãos, podendo espalhar-se para outras regiões do corpo”. As causas de câncer são variadas, podendo ser externas ou internas ao organismo, estando ambas inter-relacionadas.

Ainda de acordo com o órgão do governo federal, as causas externas relacionam-se ao meio ambiente e aos hábitos ou costumes próprios de um ambiente social e cultural. As causas internas são, na maioria das vezes, de origem hereditária e estão ligadas à capacidade do organismo de se defender das agressões externas. “Esses fatores causais podem interagir de várias formas, aumentando a probabilidade de transformações malignas nas células normais”, esclarece o Ministério.

Diagnóstico

De acordo com a médica e Diretora Clínica do HAJ, Paula Monteiro Amorim, a maioria dos cânceres começam sem sintomas e são diagnosticados, na maioria das vezes, quando estão em estágio avançado. Segundo ela, o câncer de pele é mais fácil de identificar por ser uma lesão externa.

“O diagnóstico precoce, em todos os tipos de câncer, é fundamental, pois as chances de cura são maiores. Quanto mais precoce for a descoberta, maiores são as possibilidades de tratamento”, afirma a médica.

Segundo a Dra. Paula, é imprescindível que as pessoas que possuem fatores de risco, casos de câncer na família, façam os exames de rotina. Para a Diretora, os tipos de câncer mais comuns e que requerem maior atenção são: o câncer de próstata; de mama e de colo de útero. “Quem possui riscos hereditários, deve tomar cuidado para não deixar de fazer os exames de rotina”, alerta a médica. “Quanto aos que não precisam, devem ficar atentos a qualquer alteração na saúde”, ressalta.

Texto: Suzana Ferreira (estagiária) - Assessoria de Comunicação 

Veja Também